A recuperação da Covid-19 requer uma economia resiliente e circular

May 08, 2020
Cein Detail Tablet 900Px278Px

"Identificar oportunidades, manter um senso claro de direção e promover uma forte colaboração público-privada vai ajudar a introduzir um crescimento indefinido em direção à próxima onda de prosperidade."

A crise do coronavírus tem consequências humanas e econômicas desastrosas, revelando a exposição do nosso sistema a uma variedade de riscos. À medida que a pandemia nos obriga a adaptar as nossas vidas diárias de formas que não teríamos imaginado, também nos desafia a repensar os sistemas que sustentam a economia. Embora abordar as consequências para a saúde pública seja claramente a prioridade, antes da crise, já estava aumentando o ímpeto em torno da necessidade de um restabelecimento do sistema e do potencial de um modelo circular. A última década viu uma série de empresas líderes investirem neste caminho transformador, enquanto instituições e órgãos governamentais pioneiros apresentaram propostas legislativas significativas para permitir a transição.

Longe de a pandemia empurrar a agenda da economia circular para o final da lista, este artigo destaca e reitera que agora ela é mais relevante do que nunca, e pretende explorar as possibilidades mais amplas de recuperação.

A fragilidade das nossas cadeias globais de abastecimento foi revelada ao longo das fases iniciais da pandemia, particularmente para aqueles que lutaram com a disponibilidade de equipamento médico. Levando igualmente em conta que, para os países gravemente atingidos pelo vírus, foi crucial adaptar rapidamente as instalações industriais à produção de equipamento médico, o artigo ilustra claramente os desafios enfrentados, e a forma como a introdução de princípios circulares proporcionará oportunidades tanto para a resiliência futura quanto para a competitividade. Aprofundando-se ainda mais, para enfrentar a área altamente sensível da produção e distribuição de alimentos, o artigo cita a pesquisa da Fundação Ellen Macarthur e detalha o chamado para explorar ainda mais o potencial de investimento em larga escala em produção regenerativa e periurbana, juntamente com a agricultura de precisão digital.

Os dois exemplos acima constituem apenas uma pequena abertura para as possibilidades mais amplas apresentadas pela economia circular. O artigo aborda também o setor da construção, mobilidade e transportes - destacando, em especial, as medidas específicas já em curso.

À medida que os governos procuram formas de avançar, podem fazê-lo sem se desviarem dos seus compromissos de baixo teor de carbono através da implementação de estratégias de economia circular. No entanto, como afirmado, "é fundamental reconhecer que o esforço terá de ser sustentado, e que o seu sucesso dependerá do envolvimento de todos os stakeholders, trabalhando numa lógica de co-criação."

Leia o artigo completo (em inglês) sobre por que a recuperação da Covid-19 requer uma economia circular resiliente

Retornar a notícias >>

We have detected that you are using an older browser. Please update to the latest version of Google Chrome, Mozilla Firefox or Microsoft Edge to improve your user experience.

If you are unable to upgrade your browser, please see our Technical FAQ page to get tips on how to improve your user experience.